Geral

Santiago em luto: Morre Antônio Vivaldino Bonotto

O agropecuarista (88 anos) faleceu na madrugada desta segunda (28), em casa. O velório acontece no CTG Coxilha de Ronda. O sepultamento está previsto para as 14h, no cemitério municipal. Ele deixa a esposa Catharina e quatro filhos: Mauro, Cássio, Andrea e Angélica.

O município decretou luto de três dias. Seu Bonotto sempre ajudou sua cidade e entidades. Algumas delas só existem porque ele existiu.

 Força de além-mar

Vai longe o tempo em que famílias vieram de além-mar para ajudar a desenvolver o Brasil e o Rio Grande. E foi numa dessas vindas que chegou a família de Antônio Vivaldino Bonotto. Todos esses desbravadores arregaçaram as mangas e construíram aqui a sua terra prometida. Não importaram as dificuldades, os desafios para um homem que nasceu para o trabalho e para vencer. Seu tino para os negócios fez do seu Bonotto um dos maiores plantadores de trigo da América Latina. Seu apego pelo solo, pela sua gente também fez dele uma das pessoas mais queridas e respeitadas. Pudera! Seu Antônio Vivaldino nunca deixou de ajudar uma entidade que fizesse o bem para o seu município.

Nota do CTG Coxilha de Ronda

De tudo, ficarão a saudade, a gratidão e o reconhecimento. Que seu exemplo siga de inspiração para que possamos a nossa caminhada. Ao seu Antônio Vivaldino Bonotto, nosso Patrão de Honra, pedimos que continue assistindo nossos rodeios, nossos fandangos, que nós continuaremos a contar e escrever a sua história dedicada à nossa cidade e ao nosso CTG. Nossos mais sinceros sentimentos à família Bonotto!

Monumento inaugurado em dezembro de 2019, na sede campeira do CTG Coxilha de Ronda.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios