Geral

Contrapartida ao novo imposto será encargo zero a quem contratar desempregado

A empresa não pagará os 20% ao INSS, nem os 8% para o FGTS, diz Guedes.

O microimposto digital que o governo pretende propor terá em contrapartida a desoneração total de contratações por salário mínimo. A regra só valerá para quem não estava no mercado formal de trabalho. O tributo terá alíquota de 0,2% sobre transações eletrônicas.

“Ao pagar o auxílio emergencial, encontramos 38 milhões de brasileiros que não tinham emprego formal. Empresas que empregarem essas pessoas terão zero de encargos na folha de pagamentos”, disse Guedes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios