Geral

A Pirelli vai fechar a fábrica no Estado

No sul há mão de obra mais barata, mas o ICMS de pneus em São Paulo é de 12%. Aqui no RS é de 18%

A Pirelli deu início à demissão em Gravataí. Já foram quase 150 demissões. A decisão de transferir a produção para Campinas (SP) foi anunciada ainda em 2019, mas um acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Artefatos de Borracha (STIAB) conseguiu adiar as 850 demissões até agora.

A produção de pneus para motos da unidade da Pirelli fechará em 2021, após mais de 40 anos da operação no Estado. A Pirelli confirma que iniciou a redução do quadro de funcionários e que tem relação com a reestruturação nos negócios anunciada ainda no início de 2019.

Há receio também em relação a uma indústria de pneus pesados que gera quase dois mil empregos na Região Metropolitana. A informação é da jornalista Giane Guerra (Zero Hora)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios