Geral

Polícia investiga agressão sofrida por médica em Pelotas

O agressor reclamou da demora no parto da esposa e não gostou quando soube que teria de ser feita uma cesariana

A médica Scilla Lazzarotto relatou que estava fazendo o atendimento da mulher quando foi surpreendida com chutes e socos e chegou a ser ameaçada de morte pelo homem que dizia estar armado. Ele já foi identificado e será ainda ouvido.

Me senti impotente ao ver um homem daquele tamanho me batendo
Scilla conta que sentiu impotência, medo e dor após ter sido agredida. A profissional teve ferimentos na cabeça e problemas urinários causados pelas agressões. “Ele disse que tinha um 38 e uma 42, e que iria me dar um tiro. Foi então que ele me deu uma voadora e começou a me espancar. Eu senti impotência de ver um homem daquele tamanho me batendo. Eu quero justiça, para que isso nunca mais aconteça e que esse homem pague pelo que fez” finalizou a médica ao jornal Zero Hora.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios