Geral

Outra peste está bem pertinho: gigantesca nuvem de gafanhotos se move rumo à fronteira do RS

Há alerta na província de Corrientes, que faz fronteira com o RS. Eles podem atingir plantações no Brasil

A Argentina confirmou que uma nuvem enorme de gafanhotos, vinda do Paraguai, avança pelas províncias. A nuvem vem sendo monitorada desde o dia 28 de maio. A praga veio da província argentina de Formosa, onde há muita mandioca, milho e cana de açúcar até chegar finalmente à Santa Fé. Agora ruma para Entre Rios e Córdoba.

Para ter uma ideia dos danos que podem causar, disse que em apenas uma “manga” que foi monitorada em um quilômetro quadrado, havia até 40 milhões de insetos.

O especialista argentino, Héctor Medina, afirmou que a nuvem se moveu quase 100 quilômetros em um dia devido às altas temperaturas e ao vento. os gafanhotos são sul-americanos. Para ter uma ideia dos danos que podem causar, disse que em apenas uma “manga” que foi monitorada em um quilômetro quadrado, havia até 40 milhões de insetos. Uma manga de um quilômetro quadrado pode comer o mesmo que 35 mil pessoas ou 2 mil vacas por dia, afetando principalmente as pastagens”, explicou Medina.

Medina explicou: “Essa invasão não é uma novidade. Já vimos situação assim. Era previsível que em 2020 esse cenário se repetisse”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios