Geral

O “João de Deus” gaúcho

Fisioterapeuta é preso acusado de abusar sexualmente das pacientes

Documentos apreendidos.

Canoas/Porto Alegre – Um fisioterapeuta (35 anos) que se autointitulava terapeuta holístico foi preso como suspeito de abusar sexualmente das pacientes. Sua prisão preventiva foi decretada com base em inúmeros depoimentos de vítimas que relataram terem sido submetidas à “terapia sexual” como forma de tratamento. Houve ainda o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão, sendo apreendidos documentos como recibos, cheques e notas fiscais, além de dois notebooks e um celular.

A investigação começou em maio após dois registros de ocorrências envolvendo violência sexual. A polícia apurou que o suspeito proclamava-se também palestrante, escritor, professor, atuante com física quântica e a técnica de apometria sistêmica. Ele fazia atendimentos particulares de psicoterapia, atendendo majoritariamente clientes de Canoas e de Porto Alegre.

Os abusos

Durante as sessões, o terapeuta começava com conversas e posteriormente evoluía para contatos físicos com toques no corpo da paciente, aproximando-se a cada sessão, quando sugeria para que elas tocassem nele e fizessem sexo.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. É o fim da picada agr que descobertos querem devolver o que na vdd nem deveriam ter solicitado , tomando tempo e ineficiência na distribuição tinham que devolver em dobro o benefício !!!! Pelo olho grande , ganância desenfreada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios