Geral

DEM expulsa Sara Winter e condena ataques à democracia

O Democratas expulsou a ativista Sara Winter após as recentes ameaças feitas por ela ao ministro do Supremo, Alexandre de Moraes. Sara disse que ia “infernizar” a vida dele por ter sido alvo de um mandado de busca e apreensão, como parte do inquérito das fake news. Sara ainda liderou um protesto (300 do Brasil). Ontem, a ativista recebeu uma intimação da Polícia Federal para depor no inquérito das fake news e causou polêmica ao afirmar que não iria. O Democratas disse que Sara descumpriu seus “deveres éticos”. Também deixou claro que repudia quaisquer atos de violência ou atentatórios. Antes de ser expoente da extrema-direita, Sara Winter tentou vaga no BB. Veja.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Uma ignorante, desajeitada, chama todo mundo pra briga… uma idiota! Acontece com muita mulher que se protege com a Lei Maria da Penha: abre a boca, fala o que quer, MAS, não garante as consequências disso (daí a INFUNCIONALIDADE da Lei Maria da Penha, que entra em cena covardemente). As pessoas, independente de gênero, tem que aguentar as consequências do que falam, xingam… não é possível abrir a boca e não gerar reação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios