Geral

Bilu, Bilu, Glu-glu-glu e segue firme a empresa Gorski & Gorski SA

Prepara o mate, que eu tô na área
Depois de tanto tempo sem te vê, de novo cara a cara com você… O velho Araponga está de volta. A cada dia, um artigo novo espera vocês. Tudo com a devida permissão do Lemes e da Sandreca.

Greguê ou Gregório?
Em tempos de pandemia, prometo criar um pandemônio. Comigo não tem Greguê pra dizer Gregório. Nem tem Pedro, nem Paulo. Nem Tiago, nem Santiago. Quem não gostar que processe.

Glu-glu-glu
O Bilu cantou a pedra: cogitavam o nome do secretário Éldrio, mas os vereadores empurraram o Peruzito. Glu-glu-glu para a oposição. São dois nomes fortíssimos.

Gorski & Gorski
E a empresa aquela? Teremos Gorski & Gorski na parada? Eita nomezinho de peso. Será mesmo uma dinastia que vêm por aí? Bem feito pra oposição que até agora nem se coçou. Só o D’Ferro enferrujado que ronca. O resto nem desembanhou a espada.

Os vereadores foram atrás do prefeito e meteram fotinho e tudo mais em pleno horário de expediente. Faz parte.

O Peru era muito coleado com o escanteado Ruivo. Ué, e agora? Juntou-se ao primo rico?

Mandetta segue na saúde
Já o outro cogitado, nosso Mandetta de Santiago, segue firme no que chama de propósito maior e que vem dando certo, que é o trabalho no combate à pandemia. Nisso ele é doutor e a comunidade precisa mais dele agora.

Máscaras ou calcinhas?
Essas máscaras todas tortas na cara, me lembra muita coisa triste. Outras, bem ajeitadinhas, parecem mesmo calcinhas de mulher de bordel. Chega toda certinha. Não leva dois minutos estão todas largadas num canto. Eita mundo veio sem porteira!

Festinha
Numa festa e lá pelas tantas, uma disse para outra: Que festa chata! Concordo! Daqui a pouco visto minha calcinha e vou “mimbora”.

Gente! Mas essa pandemia está de arrepiar o sabugo da cola.

E a tutela do Tutelar de São Chico?
Aqui em São Chico teve uma festinha particular com direito a criança bêbada. Já nos preparativos, alguém lembrou: e a bebida, quem traz? Pera aí, disse outro. Tem pessoal especializado nisso. Alô, é do conselho tutelar?

Cagadas da política
Certa vez teve um prefeito em Santiago que trocou pesos de secretários em seu governo. O cara era tipo Bolsonaro, assim. Se bem que o Bolsonaro faz e faz bem feito. Também não pede pra fazer. Ele faz! Eita, meu presidente!
Logo eu conto essa história aqui. Aguardem os próximos ataques.

Daqui a pouco eu volto com a edição da tarde.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios