Geral

Santiago movimentada na véspera do Dia das Mães

Este sábado, 9, está sendo o de maior circulação de pessoas e de carros neste período de pandemia. O movimento é em função da procura de um presente para às mães, já que domingo é o dia delas. O Dia das Mães é a segunda data mais importante para o varejo, atrás apenas do Natal. Entretanto, neste ano o setor registra queda nas vendas em todo o Estado.

O tombo se deve às restrições impostas pela pandemia. De acordo com economistas, em geral, as lojas que mais sofrerão são as de confecções, já que roupas e calçados costumam liderar a lista de presentes. Eletrodomésticos e móveis aparecem logo depois entre os segmentos mais impactados.

O pior Dia das Mães para o varejo

Uma pesquisa da Federação do Comércio Gaúcho aponta que a queda na venda para o Dia das Mães será de 24% em relação ao ano passado no comércio varejista. No atacado, a redução é de 7%. Essa pesquisa ainda mostra que 40% dos entrevistados não vão gastar nada. Entre os motivos estão o medo de sair de casa por causa do coronavírus, os rumos que a economia pode tomar e ainda a falta de dinheiro e o desemprego.

Abaixo, fotos do movimento no centro neste sábado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios