Geral

Mais de 1 milhão de brasileiros deixam a força de trabalho no 1º trimestre

Especialistas dizem que esse é um fenômeno que deve se acentuar com a pandemia

Esse é o segundo maior número registrado pelo IBGE. São consideradas fora da força de trabalho quem não tinha emprego e não procurou trabalho nos 30 dias anteriores à pesquisa – ou procuraram, mas não estavam disponíveis para trabalhar naquela semana. Especialistas dizem que esse é um fenômeno que deve se acentuar com a pandemia. Como as pessoas estão em distanciamento social, a tendência é que muitos desempregados não procurem emprego.

O desemprego no RS
Pedidos de seguro-desemprego no RS aumentam 45% em abril em relação ao mesmo período de 2019. Na soma de janeiro a abril, 145.155 pessoas pediram o auxílio, 13,4% a mais do que no ano anterior. Além do aumento, forma de encaminhamento mudou do pedido presencial para a solicitação digital.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios