Geral

Uma triste imagem brasileira a percorrer o mundo inteiro

São Paulo – A alta movimentação por enterros no cemitério da Vila Formosa, o maior da América Latina, foi destaque no jornal americano The Washington Post, que publicou imagem de dezenas de covas abertas para receber vítimas do coronavírus. Na legenda da foto, o jornal lembrou que Jair Bolsonaro já tratou a doença como uma “fantasia”. Diante do aumento de mortes na capital paulista, os cemitérios têm corrido contra o tempo para sepultar as vítimas. O Vila Formosa é o maior cemitério da cidade com 763 000 metros quadrados. Foram registrados pedidos de contratos emergenciais para a compra de equipamentos de segurança para os funcionários, em função do risco de contaminação nos enterros.

Sandra Siqueira

Sou empreendedora! Jornalista, radialista, administradora de empresas, palestrante e coach. E uma entusiasta do feminismo.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. É, realmente a imágem é impactante, pra não dizer aterrorizante. Mas agora nós temos uma causa quase que justifica esses índices de mortolidade, pois a pandemia é invisível e é real.
    Pior é saber que essas cóvas ou túmulos , como queiram chamar, seriam insuficientes e não chegam nem perto do número de pessoas e inclusive crianças que morreram aguardando um tratamento de doenças, curáveis pelo SUS, devido à roubalheira, desviu de verbas e descaso dos nossos políticos com a saúde pública. É claro que não são todos, não podemos generalizar por classes ou profissões, mas esses que tem o poder de mudar a situação, não dependem do SUS!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios