Geral

Santos Cruz cobra união

O general Santos Cruz foi às redes sociais e fez críticas ao governo Bolsonaro por não adotar uma ação unificada no enfrentamento ao novo coronavírus. No post, o ex-ministro escreve que “qualquer crise exige liderança e coordenação”. Quanto maior a crise, maior a necessidade de liderança, definição de responsabilidade, coordenação e harmonia”, afirma.

Santos Cruz é um general da reserva que foi comandante das forças da ONU no Haiti e no Congo. Também foi ministro de Bolsonaro.

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. União de que jeito !!! Legislativo , judiciário e presidência em divergência , ministros militares desnorteados e ainda envergonhados por um presidente que se entitula capitão , militar , de direita , família… Que age com ignorância , descontrole …. Em dois anos não conseguiu montar um ministério … E o povo com seus salários reduzidos , filhos em casa , faltando mantimentos , equipamentos para estudar , computador , wifi , material didático … Muitos atrás de emprego se ficar em casa passa fome se vai pra rua inflinge as leis , qiem trabalha registrado msm com o dinheiro reduzido não tem ajuda por ser registrado é um caos psicológico !!!

  2. TIVEMOS TEMPO, PARA REAGIR, TEMOS OS PIORES POLÍTICOS DO MUNDO, TANTO DA FIRETA, ESQUERDA, CENTRO, CIMA E ABAIXO, SÃO OMISSOS E NAS SUAS BRIGAS DE VAIDADES, DINHEIRO (RECURSO)TEM ESTÁ PROVADO, FALTOU UNIÃO PARA COORDENAÇÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios