Geral

Santiago: Ministério Público não quer saber de carreatas

O Ministério Público emitiu uma recomendação às autoridades policiais e à Prefeitura de Santiago para que estejam atentas e fiscalizem eventuais carreatas ou manifestações com aglomeração de pessoas. Que tomem as medidas cabíveis. A Promotoria considera que infringir as determinações do Poder Público destinadas a impedir a propagação do coronavírus pode resultar em multa e detenção de até um ano.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios