Geral

Há 35 anos morria Tancredo Neves, o último estadista brasileiro

O dia em que o Brasil chorou
“Tancredo Neves não era líder de massas que coubesse em um desses modelos de agora”, descreve o jornalista Zózimo Tavares. Em sua época, porém, ganharia a eleição de presidente de qualquer candidato, se ela tivesse sido decidida no voto popular. Como foi no voto indireto, ele se submeteu às regras venceu no Colégio Eleitoral. Ele uniu o país em um momento dramático de sua vida republicana, marcado pelo fim do ciclo de 21 anos dos militares no poder.

O dia em que o Brasil chorou

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios