Geral

Bolsonaro ameaça, mas desiste de demitir Mandetta

Militares foram fundamentais na reviravolta, mas o ministro ainda continua balançando.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, balançou, mas não irá cair, ao menos por ora. O presidente Bolsonaro já tinha se decidido pela exoneração só que acabou voltando atrás no final da tarde, quando foi convencido por militares, como os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Governo), de que a melhor decisão seria manter o ministro, ao menos por enquanto (revista Veja)

Risco de pedido
de impeachment

Os generais Braga Netto, Luiz Ramos, Fernando Azevedo e Silva e o almirante Flávio Rocha fecharam posição contra a demissão de Luiz Henrique Mandetta. Eles aconselharam Bolsonaro a reconsiderar sua decisão em razão de uma série de consequências negativas, dentre elas o risco de que um pedido de impeachment viesse a ser acolhido pelo Congresso Nacional.

O senador Alcolumbre disse que a troca de Mandetta seria grave erro e que prejudicará relação com Parlamento.

O pivô da briga
A possibilidade de exoneração, no entanto, continua forte. Mandetta bateu de frente com Bolsonaro por causa da quarentena ampla, que o ministro e as principais autoridades de saúde do mundo defendem. Bolsonaro prefere flexibilizar o isolamento social por acreditar que a adoção da quarentena vai “quebrar” a economia do país e provocar caos social.

“Fica, Mandetta”.

Dezenas de funcionários do Ministério da Saúde decidiram demonstrar apoio a Mandetta. Eles se reuniram em frente à portaria para aplaudi-lo e colocaram folhas nas janelas com mensagens “fica, Mandetta”.

Mandetta ganha de
Bolsoaro em popularidade

O desempenho de Bolsonaro no combate à pandemia é aprovado por apenas 54% dos eleitores do próprio Bolsonaro. Nessa faixa do eleitorado, a grande estrela é Mandetta. O Datafolha diz que ele é considerado ótimo ou bom por 82% daqueles que votaram em Bolsonaro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios