Geral

A tristeza tem lado bom?

Sim, e a alegria também tem seu lado ruim. É o que defende psiquiatra da USP em novo livro

Veja mais em www.expressoilustrado.com.br

Use o medo a seu favor
Em tempos difíceis, o médico explica como os temores podem nos resguardar e o que fazer para eles não se transformarem em pânico

Quando criança, Daniel Martins de Barros odiava pernilongos. Alérgico, sempre que era picado, ficava empipocado. “Por que eles existem?”, perguntava aos pais. Nunca encontrou resposta. Já adulto, passou a questionar a mesma coisa em relação às emoções negativas: “Por que sentimos medo?”, “Pra que serve a raiva?”, “Por que a tristeza é importante?”. Desta vez, porém, não sossegou enquanto não respondeu a uma por uma.

“Sentimentos ruins são como alarmes que disparam e fazem barulho quando detectam algo errado em nossa vida”, compara o psiquiatra da Universidade de São Paulo. No recém-lançado O Lado Bom do Lado Ruim, ele analisa o aspecto positivo de quatro emoções negativas: tristeza, medo, raiva e nojo. VEJA MAIS EM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios