Geral

A JOVEM DEMOCRACIA E O POBRE BRASIL AZARADO

O país precisa de alguém que não tenha que comer pão com leite condensado, que não precise lançar mão de um chulismo tenebroso para ganhar as massas. O Brasil precisa de alguém que ame seu povo de verdade e que deixe as famílias decidirem a forma de criar seus filhos.

(J.Lemes) O Brasil sofre com sua democracia-menina. O PT se perdeu e arrastou dezenas de partidos. Saquearam a Petrobras. (Sim, tenho que fazer esse preâmbulo, falando de novo do PT, ou alguém vai me acusar de ser do outro lado).

Recapitulando: elegemos um PT ladrão. Aí, surge o fenômeno salvador. O qual, desde o início, notei que era doido, ditador e burro. Por comer pão com leite condensado e por lançar mão de um chulismo tenebroso, ganhou as massas. Claro, todos queriam o diferente, a nova política. Somos livres. Todos escolheram e eu me curvei ao presidente.

Só que na primeira chance que teve, sua pouca capacidade e ranço não permitiram que unisse o país e começou a governar para os filhos mais doidos ainda. Um deles, safado (logo será provado).

Faltou adjetivo ao Bolsonaro? Sim. Ainda é metido a populista da pior espécie, do tipo que dá ao povo o que ele quer não o que precisa. Ainda tem coragem de falar em Deus e armas. Agora anotem: Bolsonaro cairá. A jovem democracia vai chorar, eu sei. Mas queremos união, capacidade e honestidade. Tudo isso sem ter que abrir mão de alguém que seja inteligente, amoroso e líder de verdade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios