Santiago sem aulas, bailes, festas, jogos…

Com o avanço de casos de coronavírus no Brasil e no mundo, Santiago passará a adotar medidas para enfrentamento da pandemia, que vão se somar ao Plano de Contingência já preparado no caso de algum caso notificado da doença.

Em coletiva à imprensa na noite de segunda, 16, o prefeito Tiago Gorski e o secretário Éldrio Machado (Saúde) divulgaram o decreto municipal que destaca uma série de ações que levam em consideração o anúncio feito pelo governador Eduardo Leite e também recomendações orientações da Organização Mundial de Saúde, especialmente para proteger as crianças.

Entre outras medidas, o decreto suspende por tempo indeterminado atividades com grande concentração de pessoas, como eventos esportivos, políticos, culturais, comerciais, religiosos, de grupos de idosos etc. A partir quinta, 19, também ficam suspensas por prazo indeterminado as aulas na rede municipal.

 “É importante mantermos as aulas nesses dois dias (terça e quarta), até para que as famílias busquem em cada escola as informações necessárias e que também se organizem para deixarem as crianças no resguardo”, explica a secretária Mara Rebelo (Educação).

Na região – Os 33 municípios da AM Centro também paralisaram as aulas da educação infantil e ensino fundamental.

PUBLICIDADE:
SYGO INTERNET


Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios