Mãe de autista abusava do filho, filmava e vendia os vídeos

Mandados foram cumpridos em Canoas, Imbé, Estância Velha, Porto Alegre e São Leopoldo. Dentre os presos, estava um sujeito que usava uma rede de compartilhamento de imagens e vídeos de abusos de crianças. Foi aí que a polícia descobriu que uma mulher de 39 anos estuprava o filho autista, de 3 anos, e vendia os vídeos dos abusos. A criminosa mora na Capital, mas tem parentes em Arroio do Sal. Outro homem foi preso, suspeito de ser o receptador dos vídeos.

PUBLICIDADE:
ESCOLA HADASSA 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios