“Foi uma fatalidade. Meu filho não é um monstro”, diz mãe de jovem que matou três pessoas em briga de trânsito em Porto Alegre

A mãe do autor de um triplo homicídio em uma briga de trânsito falou à polícia. A mulher, de 48 anos, estava com seu filho Dionatha Bitencourt Vidaletti, 24 anos, quando ele atirou contra três pessoas da mesma família.

Ela afirmou que foi agredida pela família Silva e, por isso, Dionatha atirou contra os três. Já dei meu depoimento. Fui agredida. O que meu filho fez foi para defender a minha vida. Fui muito agredida dentro do meu carro. Ele pensou que eu estava sendo esfaqueada”, disse ela, admitindo que a arma usada era da família. (Zero Hora)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios