DE OLHO NA RUA

Assim é que se faz. Vejam! A obra precisou deixar restos da madeirama na calçada para ser carregada. Qual o correto? Não impediu a cruzada dos pedestres e em seguida tudo já estava carregadinho no caminhão para o destino final.

Na mesma Silveira Martins, eis que a TV que já está há duas semanas aqui, ganhou companhia. Agora é uma sobra de pneu que foi deixada no mesmo lugar.

Nesta outra calçada, rua Benjamin Constant, a bonita planta impede a passagem do caminhante. Ninguém notou, a não ser quem precisa e quer usar a calçada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios