Alegrete: obras de 16 milhões do novo presídio estão paradas

As obras de uma nova cadeia pública tinham prazo de conclusão para dezembro de 2019,  como está na  placa oficial. O atual presídio, com capacidade para 81 presos, está superlotado com 168 apenados, 90 em sistema de rodízio e 61 em regime domiciliar ou semiaberto.

Os prazos foram prorrogados, mas até agora só se vê um resquício de obra, conforme denuncia o blogue Alegrete Tudo. No ano passado, apenas o aterro e as fundações foram colocadas. Um concreto começou a ser feito em dezembro às margens da RS 566. O cenário é desolador para uma obra prometida para  2019, numa extensão de 123 mil metros quadrados para o prédio projetado em 23 mil metros de área construída. O custo total é 16 milhões e 152 mil.

O atual presídio, com capacidade para 81 presos, está superlotado com 168 apenados, 90 em sistema de rodízio e 61 em regime domiciliar ou semiaberto. Uma carceragem de 327 presos para a cidade que não consegue erguer uma casa prisional com previsão de 286 vagas. (Alegrete Tudo)




PUBLICIDADE:
PLANALTO TRANSPORTES


Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios