Giro crítico e noticioso

Os radares móveis 
estão de volta
Justiça Federal de Brasília determinou que a Polícia Rodoviária Federal volte a usar radares móveis em rodovias. A decisão derruba ordem do governo federal que havia suspendido uso dos aparelhos.


Competência – Segundo o juiz Marcelo Monteiro, o despacho do presidente desrespeitou a competência legal do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) de “aprovar, complementar ou alterar os dispositivos de sinalização e os dispositivos e equipamentos de trânsito”.


Governo do “volta atrás”
Após intensa reação de movimentos negros e suspensão por decisão da Justiça, o governo  Bolsonaro voltou atrás na escolha do jornalista Sérgio Nascimento de Camargo para a presidência da Fundação Palmares, órgão de promoção da cultura afro-brasileira. A nomeação da arquiteta Luciana Rocha Feres para o comando do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) também foi cancelada.

Abertamente racista 
Camargo foi alvo de críticas por ser abertamente racista e costumeiramente atacar personalidades e questões que são importantes para o movimento negro. Ele é contra o dia da Consciência Negra, além de já ter dito que a atriz Taís Araújo deve voltar para a África e que a escravidão foi boa porque negros viveriam em condições melhores no Brasil do que no continente africano.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios