Deputado santiaguense agredido

O deputado Marcelo Brum (PSL) foi agredido por seu chefe de gabinete nesta quarta-feira, 25, ao demiti-lo. Segundo assessores do gabinete, o deputado levou socos no rosto e gritou por ajuda no corredor. Ainda, de acordo com funcionários, Marcelo foi ao departamento médico da Câmara, pois teve pequenos cortes na boca e não participará dos trabalhos legislativos nesta quarta.

Nota oficial do deputado Marcelo Brum
Informamos que na tarde desta quarta-feira (25), um secretário parlamentar foi comunicado da sua exoneração e, não conformado, agrediu fisicamente o deputado federal Marcelo Brum, que não reagiu e chamou a polícia legislativa, a qual tomou as providências. O deputado reitera os votos de sucesso a todos que trabalham e trabalharam com ele, independentemente deste ocorrido e reafirma que continuará seu trabalho em defesa do povo do Rio Grande e por todos aqueles que acreditam em um Brasil melhor.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios