Menina com paralisia cerebral morre após ser estuprada em Santa Maria

Santa
Maria registrou um dos mais bárbaros crimes da sua história na madrugada de
sábado (7). 
Uma menina de 5 anos morreu após ser vítima de estupro.
O crime aconteceu no bairro Diácono João Luiz Pozzobon.

NINGUÉM VIU NADA- Ela sofria
de paralisia cerebral e seu berço ficava
ao lado da cama da mãe e do padrasto, onde o crime ocorreu. A mãe tomou medicação
para asma e o padrasto é surdo de um ouvido, por isso, não viram nem ouviram
nada.



A criança
chegou a ser levada ao hospital pela mãe, mas não resistiu. A menina teria
morrido por asfixia, após o estupro. Ela tinha paralisia cerebral e não
conseguiu pedir ajuda. A causa da morte será oficialmente conhecida após o
laudo pericial. 

Um rapaz
de 18 anos confessou o crime e foi preso. Ele é filho do padastro da criança e
eles moravam na mesma casa. Conforme a polícia, o autor não tem antecedentes e
também não soube dizer por que fez esse barbarismo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios