Aumentam a correria e bebedeira nas estradas gaúchas

O feriadão teve um aumento de 23,5% no número multas por velocidade nas rodovias estaduais. De quinta a domingo foram 6.173 multas. Nas rodovias federais o uso de radares móveis foi suspenso por determinação de Bolsonaro, mas os batalhões rodoviários seguem atuando e com novo equipamento. O monóculo TruSpeed tem câmera com alcance 400 metros, maior que os radares convencionais.

Acidentes – O 20 de setembro foi o mais violento, com oito mortos.

Bebedeira –  Neste ano também houve mais autuações por embriaguez que em 2018  e 127 carteiras foram recolhidas, contra 56 em 2018. (F: Rádio Gaúcha)

Cai pela metade as multas nas estradas federais
Sem radares móveis, a Polícia Rodoviária Federal aplicou apenas 2 mil multas nas rodovias federais gaúchas; 58% a menos do que no feriado de 20 de setembro de 2019. Nenhum motorista foi autuado por excesso de velocidade. A maioria das multas foi por ultrapassagem em local proibido, uso de celular, ausência do cinto de segurança e embriaguez.

Desde 15 de agosto, o uso dos radares móveis nas estradas federais foi suspenso pela presidência da República.  Bolsonaro diz que eles são uma “indústria da multa”. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios