Governo gaúcho autoriza serviço para acessos de oito municípios

Com a falta de dinheiro, a saída para a conclusão das obras será a busca de emendas parlamentares. Prefeitos, vereadores e secretários lotaram o Piratini para acompanhar a solenidade nesta quinta-feira. O custo total será de 37 milhões.

O RS tem 67 cidades sem acesso asfáltico. Seis têm financiamento do BNDES e estão em fase de finalização. Outros 53 acessos hoje não têm previsão orçamentária para as obras que são aguardadas há décadas. “Uma vergonha”, disse secretário de Transportes, Juvir Costella.

A RS 168 – Bossoroca -Santiago, deve começar a receber um tapa-buraco nesta segunda, dia 19.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios