Fábrica de ecstasy em Gravataí

Em ação na região metropolitana, a polícia descobre um laboratório de ecstasy. Um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Mais de 1800 comprimidos de ecstasy, materiais para o preparo da droga e um veículo de luxo foram apreendidos em Gravataí.

Efeitos e riscos
O ecstasy ou “balinha” faz a pessoa ter vontade de urinar, mas não consegue, pois a droga aumenta a secreção de hormônio antidiurético (ADH), que faz a reabsorção de água no organismo. A água retida, somada à maior necessidade de ingeri-la, aumenta o risco de intoxicação por água, podendo levar a um edema cerebral.

O ecstasy provoca trismos (tensionamento do maxilar), devido à hiperestimulação de adrenalina. Em algumas pessoas, isso progride para o bruxismo. Há casos de pessoas que quebram os dentes depois de fazer uso da substância.

Os efeitos procurados pelos usuários estão relacionados com o aumento brutal de serotonina (neurotransmissor relacionado com a sensação de bem-estar) no cérebro. Pequenas doses desencadeiam um misto de efeitos alucinógenos e estimulantes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios