Giro crítico e noticioso

Cai o número de homicídios no Estado. Temos o menor índice desde 2009.

Parte do resultado se deve à transferência de chefes de facções para fora do RS e do trabalho que o governo Sartori vinha fazendo.

Entre janeiro e junho de 2019, foram 962 mortes, numa queda de 24% em relação as 1.265 do mesmo período do ano passado.

Na Capital, a diminuição é maior. Os primeiros seis meses de 2019 somaram 175 assassinatos,  no mais baixo número para o período nos últimos 10 anos.

Obs. Porto Alegre chegou a registrar 100 mortes em uma no.

Santiago já registra seu terceiro homicídio do ano.

O Expresso desta semana faz uma ampla reportagem dos últimos casos e detalha o crime envolvendo dois santiaguenses, um deles, policial militar. 

De hoje até sexta (quem sabe, até sábado), os deputados devem votar a primeira parte da reforma previdenciária. Estados e municípios estão fora.

É uma força-tarefa para essa operação de guerra. O governo até liberou mais 2 bilhões em emendas para conseguir adesão. É o toma lá, dá cá.  


Ontem a Câmara de Santiago discutiu diversos problemas bem comunitários. Em breve você vai ler algumas antecipações aqui no Nova Pauta.

A secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, virá a Santiago neste dia 9 de julho, quando participará de uma reunião com o Comitê Regional de Saúde sobre judicialização. Muitos prefeitos devem participar da reunião.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios