Em Cristal – Duas mulheres mortas, criança ferida gravemente e bandido ferido

As duas mulheres mortas e a criança serviram de escudo humano para que os criminosos que explodiram a agência do Bradesco de Dom Feliciano tentassem enganar a polícia. 

Duas mulheres morreram e uma criança (4 anos) e um homem ficaram feridos em confronto com a polícia na noite de terça,16. Eles estavam em dois carros que furaram uma barreira. As barreiras foram montadas porque a polícia soube que um grupo tentaria resgatar criminosos que atacaram um banco em Dom Feliciano, no dia 6 de julho.

(Cristal fica entre Porto Alegre e Pelotas)

As mulheres mortas são Aline Schimit Pirola, 25 anos, e Daniela Wizemann, 35 anos, ambas de Lajeado. O homem baleado é condenado por homicídio e estava em prisão domiciliar.

A Rádio Gaúcha ouviu a prefeita de Cristal, Fábia Richter. Ela contou que uma segunda criança, de dois anos foi encontrada no local do tiroteio com um pequeno ferimento. “É surreal, inacreditável. Tinham duas crianças, uma em cada carro. Confio muito no trabalho da polícia e penso que irá se manifestar formalmente sobre isso” relatou Fábia à Gaúcha.
(As informações são de Zero Hora e Acústica FM)

Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios