Morre o Poeta Oracy Dornelles

A Cultura santiaguense perdeu, na noite deste domingo(2), o
poeta Oracy Dornelles, de 88 anos. Ele estava internado no Hospital de Santiago. O velório acontece no Salão de Atos da URI e
o sepultamento será na tarde desta segunda, no cemitério municipal.

Oracy era escritor, escultor, caricaturista e micropintor.
Ficou famoso em todo o Brasil pelo seu circo de pulgas, participando de
programas da Globo (Jô Soares), Band e SBT. Era o patrono de honra da Casa do
Poeta de Santiago e ficou eternizado com sua marca na Calçada da Fama, em 2012.
Lugar reservado – Há alguns anos, Oracy mandou construir seu túmulo no cemitério municipal e deixou tudo prontinho, até com foto e data de nascimento. Ele dizia que não queria dar incômodo a ninguém quando a hora inesperada chegasse.

Escritor Breno Serafini homenageia Oracy

 Oracyana

Não sei se cedo ou tarde,
mas, enfim, te conheci.
Última flor do lácteo fundo,
só atendes quando queres,
porém quando te chamam,
não foges à luta
— presente, Oracy!

Tua parabólica morada,
guardada por um cão,
é tartárica assombração:
enquanto decifras as estrelas,
ouves a Pastoral
com uma caveira na mão.

Tua escrita-ideograma
cabe na ponta do alfinete,
joyceana é a forma do
teu heráldico ramalhete.

Em vez de contentar-te,
de ouvir a voz da musa,
saíste a criar arte,
teu canto é que a deixou confusa.

Tua pena tua letra e teu cinzel
serão sempre baioneta lá no céu.
A areia do tempo e sua ampulheta
não apagarão aqui da terra
a luz de teu cometa,
menestrel!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios