Mãe é presa suspeita de ter matado sua recém-nascida

Santiago – A Polícia Civil prendeu nesta tarde, Thalita dos Santos Andres, de 18 anos, em função da morte de sua filha recém-nascida no dia 25 de maio no bairro Carlos Humberto. Conforme a delegada
Débora Poltosi, durante o inquérito foi apurado que a criança nasceu de 38
semanas, viva e foi morta de forma intencional. A bebê foi encontrada numa caixa de
sapato, em cima de um armário. Após o fato, mãe optou pelo silêncio.  

O celular da jovem foi apreendido e passará por perícia
para apurar se houve a participação de terceiros. Thalita responderá por
homicídio doloso qualificado, com as agravantes do crime ser cometido contra um
descendente e menor de 14 anos, e por ocultação de cadáver
Relembre o caso –
De acordo com a delegada Débora, a jovem procurou o hospital e relatou que teve
uma hemorragia, mas não disse aos médicos que tinha dado à luz em casa momentos
antes. A equipe do hospital estranhou e desconfiou que ela tivesse passado por um
parto caseiro. Após, Thalita contou aos médicos que algo saiu de dentro dela e
a causou muita dor, mas que não sabia o que era. A mãe dela, que não sabia da
gravidez, foi avisada da situação e, ao chegar na casa da filha encontrou o
bebê morto enrolado em panos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios