Museu de Nova York não quer sediar evento que homenageia Bolsonaro

O Museu Americano de História Natural anunciou que não sediará o jantar de gala de premiação do presidente Bolsonaro como Personalidade de 2019, promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. “Esse evento vai acontecer em outro lugar na data e no horário originais”, informou a instituição, que alega ter recebido manifestações públicas contrárias à homenagem ao presidente brasileiro de extrema direita, que se posiciona contra à preservação da Amazônia. Cientistas que atuam no museu chegaram a ameaçar com pedido de demissão. O jantar está programado para o dia 14 de maio, com ingressos a 30 mil por pessoa.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios