Quer descanso? Venha para Santiago

(J.Lemes) Nunca vi a cidade tão calma. Até um cusquinho que ladrava e outro que uivava perto da minha casa se aquietaram. Os botecos que seguidamente eram cenários de tumultos, estão na santa paz.

Essa calmaria tem dois fatores preponderantes; a segurança em Santiago é ótima (Nem aqueles sons loucos pelas ruas tem se escutado – agora nem foguete mais soltam mais – ). E boa parte do povo ou se foi à praia ou para beira-rio.

Quem foi pro mato, se deu bem. A natureza é sempre acolhedora. Já quem foi à praia atrás de sol e de mar apenas, se deu mal, conforme a região. Porque encontrou muito trânsito e barulho.

Nas praias, além dos vendedores – cada um com seu estilo sonoro para chamar a atenção – há as correria de carro e o bendito som em altos brados, cada qual mais podre que o outro. Nesses locais a população veranista sofre sem ter muito o que fazer.

Em cidades como Jaguari – caso raro – o barulho foi intenso, mas é um ônus que  a cidade aceita em virtude do turismo que só aumenta, deixando lucros altíssimos. Tudo soma.

Mas, aos que não querem apenas sombra e água fresca e, sim, o tão sonhado silêncio, que venham morar em Santiago. Aqui tudo está tranquilo. Já se sabe que muitos estão vindo à procura de um bem cada dia mais precioso; a tranquilidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios