Guedes fala em pegar o boné. Já?

Paulo Guedes diz que pode deixar governo 
caso a reforma da Previdência não avance
 Durante audiência no Senado, o ministro da Economia afirma que ‘voltará para onde sempre esteve’ se perder apoio do Executivo e Legislativo. “Se o presidente apoiar as coisas que eu acho que podem resolver o Brasil, eu estarei aqui. Agora, se ou o presidente ou a Câmara ou ninguém quer aquilo, eu vou me sacrificar ao trabalho dos senhores? De forma alguma, eu voltarei para onde sempre estive”, afirmou no Senado Federal. No entanto, Guedes ponderou a sua declaração. “Não tenho apego ao cargo, mas não sou irresponsável de sair na primeira derrota.” (Veja)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios