Presos queimam colchões no presídio de Santiago

Na semana passada houve um incêndio em colchões numa ala
do albergue do presídio. O fogo foi provocado pelos próprios presos após a fuga
do apenado Everton Oliveira Sudatti, já recapturado. A Brigada ficou na
contenção dos presos no pátio enquanto os agentes apagavam o fogo com
extintores. Após houve uma revista geral no albergue, sendo encontrados
dois celulares. Um apenado assumiu a autoria e subiu para a galeria onde ficará
em regime fechado.
O que diz a
administração
O diretor do presídio, Anderson Fuzer, que assumiu a
administração na última quarta (20), informou ao Nova Pauta que “não teve
incêndio, e sim um acidente. Apenas pegou fogo num colchão porque caiu a cinza
de um cigarro”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios