Lula vai de 12 em 12 anos

 Ex-presidente pegou mais 12 de cadeia por lavagem de dinheiro no sítio de Atibaia

A juíza federal Gabriela Hardt condenou o ex-presidente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na ação penal que envolve o sítio Santa Bárbara, em Atibaia.

O petista foi sentenciado por receber R$ 1 milhão em propinas referentes às reformas do imóvel, que está em nome de Fernando Bittar, filho do amigo de Lula e ex-prefeito de Campinas, Jacó Bittar. Segundo a sentença, as obras foram custeadas pelas empreiteiras OAS, Odebrecht e Schahin.

A Lava-Jato afirma que o sítio passou por três reformas: uma sob comando do pecuarista José Carlos Bumlai, no valor de 150 mil, outra da Odebrecht, de 700 mil e uma terceira reforma na cozinha, pela OAS, de 170 mil, em um total de 1,02 milhão.

O ex-presidente já cumpre pena de 12 anos pelo caso triplex, em ‘sala especial’, na sede da Polícia Federal em Curitiba, desde 7 abril de 2018. Naquela ocasião lula foi sentenciado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo suposta propina de R$ 2,2 milhões da OAS referente às reformas do imóvel.

Mais um abacaxi na conta do senador  Flávio
(J.Lemes) – A Procuradoria-Geral da República recebeu inquérito da Polícia Federal que investiga o senador por falsificação de documento para fins eleitorais. O caso tramitava desde março de 2018 na Procuradoria Eleitoral do Rio apurava suposto crime eleitoral praticado por Flávio, ao declarar imóveis comprados por meio de “negociações relâmpago” ao Tribunal Superior Eleitoral, com valores supostamente abaixo do real. Há no inquérito citação a possível lavagem de dinheiro.

Laranjeiras
Em um dos casos, de um imóvel no bairro de Laranjeiras, Flávio declarou à Justiça Eleitoral em 2016 que o valor era de R$ 846 mil. Entretanto, na escritura, no fim do mesmo ano, o valor registrado foi de R$ 1,7 milhão.

Obs. Depois do caso Queiroz, por ironia do destino, o bairro referido é LARANJEIRAS.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios