Sua excelência, o fato

ARTIGO DO DIA
(J.Lemes) O Brasil segue em preto e branco. As pessoas só vêm dois lados. O bom e o mau. O santo e o ladrão. Nas redes, cada um opina guiado pelas paixões. Não vê erro naquele que ama. Vê tudo naquele que odeia.

Xingam a imprensa. Dizem que ela puxa para cá e para lá, mas nunca a imprensa foi tão importante. Desde os escândalos do petrolão até o maior roubo da história, que foi o saqueamento da Petrobras e, agora, do BNDS. 

Hoje, nosso presidente Bolsonaro deu um legítimo exemplo de estadista: “Se Flávio errou, ele terá de pagar e eu lamento como pai”. O falecido deputado Ulysses Guimarães já dizia; o que deve predominar é a “sua excelência, o fato”.

“Dois tipos de pessoas combatem a imprensa: os ignorantes, que não a conhecem, e os delinquentes, que a conhecem muito bem.” (João Marcos Adede Y Castro – ex-promotor)

URGENTE!
Para finalizar, digo mais uma vez que todos devemos torcer para que o governo dê certo. Como disse hoje o presidente, “a primeira coisa a fazer é a Reforma da Previdência, ou o país vai entrar num colapso econômico”. Concordo em gênero, número e grau.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios