Estado: Ministério Público teria privilegiado órgão de imprensa

A Rádio Guaíba acusa o Ministério Público estadual de privilegiar veículo de imprensa, revelado em seu próprio site, quando surpreendeu as redações gaúchas.

No título da matéria relativa a uma condenação inédita pelo crime de estupro virtual, envolvendo estudante de Medicina, o órgão público deixou escapar o alerta: “(Esperar ZH dar”).

A Rádio Guaíba lamentou esse tratamento privilegiado. A situação sugere como funciona a relação de um órgão público com um grupo privado de comunicação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios