Devassa no bairro Irmã Dulce; megaoperação policial resulta em 20 presos

Santiago – A maior operação policial que Santiago já viu começou às 5 da manhã desta terça-feira, 4. Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros e soldados do Exército uniram forças para cumprir dezenas de mandados de prisão e busca de armas, drogas e produtos roubados. Mais de 200 policiais somaram-se a essa operação.

Foi nesse bairro que há poucos dias várias viaturas e policiais foram apedrejados por moradores em apoio ao tráfico de drogas nos arredores.
O resultado foi quase 20 presos e muitos objetos apreendidos. Neste momento a polícia está reunida na Delegacia do Centro de Santiago onde dará uma coletiva à imprensa e identificará os que foram detidos. Em breve, o Canal Expresso trará a cobertura completa.

Esta operação foi batizada de Angelus Bonum (Anjo Bom) em homenagem à Irmã Dulce, que dá nome ao bairro.

O delegado Charles do Nascimento diz que há mais de um ano eles vêm  investigando os passo dos traficantes. Assim, o bairro foi cercado e todos que entravam ou saíam eram identificados e revistados. O delegado disse ainda que muitos traficantes controlavam o bairro inteiro, usando várias casas para o tráfico e para esconder armas, drogas e objetos roubados ou recebidos em pagamento de droga.

 Mais de 200 policiais se reuniram na sede campeira do CTG Coxilha de Ronda, de onde os delegados Charges Nascimento e Guilherme Antunes comandaram a operação.

Em torno de 20 pessoas estão na delegacia para serem interrogadas. Ao todo, foram 73 ordens judiciais, sendo 28 mandados de prisão preventiva e 46 de busca e apreensão.

Chefes de polícia em coletiva.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios