Médicos cubanos de malas prontas

O governo de Cuba informa que não fará mais parte do programa  Mais Médicos. Os profissionais cubanos eram enviados para atuar no Brasil desde quando o programa  teve início, em 2013.

O motivo seriam as declarações “diretas, malvadas e ameaçadoras” do futuro presidente Jair Bolsonaro aos médicos cubanos.


Obs. Na região são vários médicos atuando.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios