Marco Peixoto denunciado por estelionato


O Superior Tribunal de Justiça aceitou a denúncia feita contra o santiaguense Marco Peixoto, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, acusado de estelionato. Conforme investigação concluída pela Polícia Federal, na época em que Peixoto era deputado estadual, ele mantinha quatro CC’s recebendo altos salários sem trabalhar. Estavam dentro do quadro (não-oficial, claro) de “funcionários-fantasma” da Assembleia Legislativa. A decisão do STJ é de que Peixoto será julgado em Brasília, por causa do foro privilegiado. Outros 11 réus serão julgados na Justiça Estadual. Por meio de seu advogado, o ex-deputado disse que está sendo “injustiçado”.

O que diz a defesa:
“Entendo que se trata de um processo sem fundamento algum, arbitrário e injusto. Um deputado não consegue ficar controlando a efetividade de todo seu gabinete, mormente quando se sabe que muitos dos servidores desempenhavam à época funções externas às dependências do Poder Legislativo.”
(F: Zero Hora)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios