Polícia fora da linha

Façam o que eu digo,
não o que eu faço

O delegado regional de polícia Cairo Adalberto Abreu Ribeiro apareceu na imprensa e não escondeu que uma viatura policial de Santiago foi pega em Livramento com produtos acima da cota, comprados no Uruguai, alguns splits e dois pneus. Os pneus são proibidos e os aparelhos passaram da cota. Aí, uma sindicância será aberta para apurar responsabilidades. Pelo que me pareceu, o delegado teria taxado de “quase normal” esse episódio. E agora, o que dizer às pessoas comuns que trazem coisas do Uruguai? Façam o que eu digo, mas não o que eu faço?

Sobre a saída da delegada Anaí, ela recebeu uma promoção e vai pra Tapejara, atuar mais perto da sua família. Sua vaga aqui não será ocupada tão cedo.


Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios