Opinião!

Ainda sobre a questão da apreensão em Livramento, acredito que os agentes policiais que foram até Rivera não devem ser culpados. Eles, certamente, estavam cumprindo ordens. Resta saber agora, quem autorizou a ida ao país vizinho e se todos os produtos comprados eram para uso na Delegacia.
O delegado Cairo Adalberto Ribeiro, titular da 21ª RP, disse na Rádio Santiago que os pneus apreendidos pela Receita Federal eram para uma das viaturas, mas lembro-me, na época que trabalhei como estagiário na Civil, que qualquer manutenção ou troca de equipamento em viaturas, o veículo deveria ser encaminhado para Porto Alegre. As despesas de manutenção e peças são por conta do Governo, creio eu. Até hoje deve ser assim.
Tem também a questão envolvendo os aparelhos de ar-condicionado. Todo o prédio da delegacia possui, apesar de antigos, os aparelhos funcionam bem.
Sindicância – Espero que a Corregedoria da Polícia Civil acompanhe tudo, bem de perto. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios